• Beleza
  • Cultura
  • decoração
  • DIY
  • Moda
  • Receitas
  • Videos
  • junho 8, 2012

    Autor dos best-sellers da série Não faça tempestade em copo d’água, Richard Carlson decidiu escrever com a colaboração de sua esposa Kristine Carlson, o livro Não faça tempestade em como d’água no AMOR. Juntos, eles mostram aos leitores como se sentir diariamente recém-casados. Seus livros são repletos de recomendações simples e fáceis de se lembrar, e a sua facilidade de comunicação fez de todos os livros um sucesso absoluto. Este livro trata sobre como cada relação é única, e que qualquer união, seja ela romântica ou não, pode ser aprimorada por meio da implementação de algumas estratégias muito simples.

    Em apenas 100 capítulos (cada capitulo tem no máximo 2 á 3 folhas) o casal oferece dicas para estimular e reforçar os relacionamentos e, ao mesmo tempo, evitar hábitos prejudiciais ao namoro, casamento e à interação com o parceiro.

    Lembrando que: você não é obrigada a seguir tudo o que ele diz, pelo contrário, ele apenas sugeri que qualquer frustação que você sentir será abreviada, e que mesmo suas disputas e conflitos pode ser abordados com maior facilidade e perspectiva. Mesmo você estando em um fase ruim no seu relacionamento, você sempre pode tirar proveito de tudo. Essa é real intenção deste livro, de te “ajudar” a melhorar cada vez mais o seu relacionamento, por mais difícil que eles esteja.

    Então, espero que vocês gostem do livro. Postarei toda semana um capitulo para vocês. Infelizmente ele não esta disponível para download. Mas se você se interessou, pode comprar aqui ou aqui. Vamos logo então com o primeiro capítulo?

    “Se eu tivesse de escolher uma única característica que fez nosso relacionamento continuar especial, divertido e vibrante nesses anos todos, provavelmente seria o fato de nós dois sermos, acima de tudo, muito bons companheiros. Não se engane… somos todas as outras coisas também. temos umcompromisso mútuo e somos fiéis. Compartilhamos um amor imenso por nossas filhas, temos os mesmos valores e objetivos, muitos amigos comuns, partilhamos de interesses iguais e respeito mútuo, além de atração física um pelo outro. Também fomos abençoados com os mesmos valores e crenças espirituais. No entanto, por mais maravilhosas e importantes que sejam todas essas outras características, nenhuma delas garante que o amor que sentimos um pelo outro se mantenha vivo e forte.

    Afinal, existem muitos outros casais fiéis que discutem no carro a caminho da igreja. Há muitos pais dedicados e maravilhosos que compartilham valores semelhantes. No entanto, estão constantemente irritados um com o outro. Há também milhares de casais que têm amigos comuns, que compartilham os mesmos hobbies e interesses, e que sentem atração física um pelo outro, mas que mesmo assim brigam como loucos, são ciumentos e simplesmente não conseguem se dar bem por um longo período de tempo.

    Mas quando vocês são amigos antes de mais nada, tudo parece se encaixar sozinho. Companheiros dão apoio um amo outro. São pacientes e gentis, e são tolerantes com as imperfeições do outro. Amigos são excelentes comunicadores e normalmente muito bons ouvintes. Também sabem ser sérios, quando preciso, mas amigos acham fácil se divertir e dar boas risadas. Estão sempre ligados, partilhando os momentos felizes e apoiando um ao outro nos momentos difíceis.

    A melhor maneira de continuar (ou voltar a ser) amigos é saber quais são as vantagens disso para você e para o seu relacionamento. Quando estiver convencido de que ter uma grande amizade é a melhor forma de garantir um grande relacionamento, o resto será fácil. lembre sempre que seu objetivo é tratar seu parceiro ou parceira com a mesma gentileza, com o mesmo apreço e respeito que teria pelo seu melhor amigo no mundo. Se tiver alguma dúvida, pense o seguinte: “Se essa pessoa fosse meu melhor amigo, como eu reagiria e o que faria?”

    Muitas pessoas dizem “Meu parceiro/a é meu melhor amigo“, mas a maioria não apóia essa afirmação com pensamentos, sentimentos e atos que sejam consistentes com ela. Ao contrário, muitos indivíduos tratam o parceiro ou parceira com mais ciúme, expectativas e cobranças, e com menos apreço, respeito e sensibilidade do que teriam com um amigo ou amiga. Muitas pessoas tratam o parceiro/a como se fossem donos dele ou dela, e parecem mais interessadas na imagem de quem querem que o parceiro seja do que no que ele ou ela realmente é.”

    Se uma amiga disser para você “Meu sonho é mudar de profissão. Vai representar menos dinheiro, mas sei que serei mais feliz” ou se ela dissesse, “Meu sonho é morar perto da praia“, você provavelmente incentivaria e apoiaria essa amiga. mas, e se a sua parceira dissesse a mesma coisa para você? Como reagiria? Daria apoio, incentivo e tentaria ajudá-la a realiza esse sonho? Ou, automaticamente, ignorava ou tentava minimizar, dizendo ou pensando: “Você não pode (ou não deve) fazer isso. Não é prático. Não é o que eu quero.

    É obvio que o mais importante é o espírito da sua resposta. nem sempre é possível, prático ouaté desejável que seu parceiro ou parceira faça tudo o que ele ou ela quer fazer. nem sempre podemos fazer uma mudança ou trocarde emprego. Não estamos sugerindo que seja necessário querer sempre o que seu parceiro ou parceira quer, ou que a responsabilidade de concretizar esses desejos é sua. Em vez disso, estamos dizendo que é importante lembrar como os amigos tratam os amigos e levar isso em consideração no seu relacionamento. O que é mais importante é que seu parceiro ou parceira saiba que você verdadeiramente apóia seus sonhos, possam ou não ser realizados.

    Podemos garantir, de primeira mão, que ser amigos de verdade é uma bênção e um objetivo que vale a pena perseguir. Se vocês são bons companheiros, sempre descobrem um jeito de se encontrar no meio do caminho, e de partilhar os sonhos um do outro, sem sentir que estão fazendo qualquer sacrifício. Implementar essa estratégia pode exigir alguma reflexão e disposição para modificar certos hábitos, mas é um esforço que vale muito a pena.”

    E então, o que vocês acharam? o relacionamento de vocês vão bem ou estão precisando de algumas mudanças? Estão prontas para seguir em frente, e tentar colocar em prática todas as dicas?

    Instagram

    Design por Susan Santos | Programação por Sara Silva subir