• Beleza
  • Cultura
  • decoração
  • DIY
  • Meu Negócio
  • Moda
  • Receitas
  • Videos
  • outubro 28, 2012
    Eu sei como é difícil dar um passo para frente quando se quer dar dois para trás; quando se quer segurar o passado que insiste em escorrer em suas mãos. Então pegue suas malas querido, e não olhe para trás. Mas se a sua teimosia insistir, olhe. Eu estarei aqui; como sempre estive. Estarei te esperando com a lareira ligada e enrolada naquele cobertor que você tanto gostava. Você pode não saber, mas ainda coloco dois pratos na mesa e durmo abraçada com o seu travesseiro… Sabe quando você tenta ir em frente mas alguma coisa te prende?

    Desde o início você me manteve presa num conto de fadas imaginário; aquele êxtase da primeira vez era inesgotável e tudo era melhor quando estávamos juntos. Você não pode dizer sério quando diz que está tudo bem, não está. Eu sei que não estou bem, mas mostro meu mais sincero sorriso para evitar as perguntas dos amigos. Sabe, ninguém me lê tão bem quanto você lia. Sempre desvendando tudo que se passava pela minha cabeça quando nem eu mesma sabia o que estava sentindo.

    Então, volta. Nós podemos fazer isso dar certo, ainda podemos. Não entre no trem e parta para longe, separar não é a solução para dias melhores. Eu sei que você está confuso e com medo de que todos os problemas voltem, mas quer saber, enfrentaria todos os problemas para ter você de novo. Quando te disse para partir eu não sabia o quanto seria difícil. Quando te disse que te odiava, bem, eu te amava demais para admitir em voz alta.

    Se você voltar, vou estar aqui por você. Vou estar aqui por nós. Vou melhorar meu jeito difícil e tentar não implicar com suas roupas jogadas. Vou esquentar um chá e conversaremos sobre coisas tolas. Vou me desculpar por todos os erros bestas e torcer para que você me perdoe. Vou parar de ignorar suas ligações e deixar de ser tão mimada. Então, volta. Eu estou passando por cima do meu orgulho e você sabe que isso não foi fácil. Mas quer saber, eu provavelmente passaria por cima de tudo para que nós voltássemos a ser um só.
     
    Eu tento ir em frente mas você me puxa. Eu tento olhar para as pessoas e não lembrar de você; não lembrar do seu sorriso. E se isso tudo for uma perda de tempo, não tem problema. A porta está aberta, e a chance que você tanto pedia lhe foi dada. Esqueça todas as brigas e as lágrimas, esqueça os erros e os corações machucados. Só se lembre de uma coisa: eu estou esperando por você. E vai ser como se você nunca tivesse ido embora…

    Vamos fazer dar certo dessa vez. Se um dia você voltar.

    Quer saber quem escreveu esse texto?
    Isabela Freitas, 21 anos. Faz faculdade de Direito e se arrepende porque gostaria muito de ter feito Publicidade. Mora com seus pais e tem uma irmã que “enche o saco”. Bailarina aposentada, professora de inglês que nunca quis dar aulas. Criou um blog (www.isabelafreitas.com.br) para espalhar o desapego pelo mundo e acabou encontrando o amor de sua vida logo após.

    1. Vanessinha out 29, 2012

      Belo texto, tocante.
      http://garotadeconteudo.blogspot.com.br

      Bjs

    2. Carol nov 01, 2012

      Amei o texto!! Lindo 🙂
      Beijos
      http://www.blogdacaroln.com/

    3. Fernanda Dallan nov 06, 2012

      Amei o texto ♥.♥

      http://www.leferblog.com

    Instagram

    Design por Susan Santos | Programação por Sara Silva subir